Evangelização de mulheres no Presídio em Benfica

O encarceramento feminino no cresceu 700% nos últimos 16 anos no Brasil. O Brasil possui a 5º maior população carcerária do mundo. 60% das presas foram presas pelo crime de tráfico de drogas. Quase a totalidade delas não tem antecedente criminal, não estavam armadas e eram da baixa hierarquia do tráfico (ou apenas “mulas” que transportavam drogas)

São mães, provedoras do seu lar e são abandonadas pelo marido/família quando iniciam a pena de prisão.
O Senhor da Igreja nos pergunta como fez ao apóstolo Pedro: “Simão, filho de Jonas, amas-me? Disse-lhe: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas” (João 21:16)

Nos da Pastoral Carcerária da Igreja Metodista da Primeira região, Junto com a federação de Mulheres (parceira nesta obra missionária com doações de material de higiene pessoal), temos respondido a este chamado acolhendo em amor esta mulheres carentes de esperança.

Na última terça feira ministramos a ceia do Senhor no presídio feminino em Benfica, foram momentos de renovação de votos e esperança para todos. Compõem a equipe de evangelista nesta unidade As Pastoras Laiza Gomes, Selma Antunes e o Pastor Edvandro Machado.