Juventude Metodista do Rio de Janeiro se reúne para planejar os rumos para 2018-2019

A Juventude Metodista da Primeira Região Eclesiástica se reuniu no final de semana do dia 13 a 15 de outubro para o seu 26º Congresso Regional de Jovens. O evento aconteceu em um lugar muito especial, no bairro da Gamboa, uma das primeiras favelas do Rio de Janeiro e onde está a primeira instituição social do Brasil, que sim, é metodista: o ICP. Nas dependências da Igreja Metodista (IM) Centenária da Gamboa, aconteceram os cultos e plenárias, enquanto as dependências do ICP e do Colégio Estadual Tucker foram usadas como alojamento e espaço para reunião das comissões.

Como anfitriã, ambos espaços receberam a juventude de forma muito calorosa, servindo a todos sempre com sorriso no rosto. Durante os três dias de evento, as pregações tiveram por base o livro de I Timóteo, com o privilégio de ter ministrando aos nossos jovens a Pastora Thaiana Assis, da IM Parque Paulista, o Pastor Gustavo Faleiro, da IM Botafogo, o Pastor Tiago Costa, da IM Vila Isabel, o pastor assessor episcopal de jovens Herbert Nogueira, da IM Nova Cidade e do Bispo Paulo Rangel, que trouxe também uma mensagem edificante no sábado à noite e presidiu o plenário para eleição da nova mesa executiva da FEMEJO. Sobre as ministrações, Pastora Thaiana ressalta que “somos vocacionadas e vocacionados a exercitar nossa liderança em forte amor e amizade, uma liderança afetiva, como Paulo à Timóteo, assim produziremos frutos de esperança e justiça sinais do reino de Deus”, destacou.

Todo este cenário foi o que Deus havia preparado para que a Juventude refletisse ainda mais sobre a necessidade de se colocar em movimento em prol do Reino de Deus, um reino de justiça, paz e alegria, que foi o tema dos últimos dois anos. Um dos objetivos da mesa executiva 2016-1017 era oferecer uma proposta de trabalho que se aproximasse da realidade que a juventude vive hoje, de forma que durante as discussões dentro e fora das comissões, se pensasse em ações sustentáveis, que contribuam para a missão, construindo oportunidades de diálogo, aprendizado e de servir ao próximo. O ajuntamento com outros órgãos da igreja foi um marco dessa gestão, que mesmo em tempos de crise econômica e recente multiplicação de sua região, conseguiu contar com a participação recorde da sua juventude em praticamente todos os eventos. A ideia central é de que devemos fazer o amor de Jesus acontecer na vida do outro, uma juventude que sabe que suas habilidades e seus dons são para servir ao próximo vai confrontar, inquietar e nos levar, como igreja, a viver uma transformação nas nossas cidades.

No último dia do Congresso, foi realizado um passeio pelo centro histórico do Rio de Janeiro, na Zona Portuária. Guiando o grupo, composto por mais de 100 jovens, Cosme Felippsen, do Rolé dos Favelados, mostrava sobre os impactos do passado e presente na vida dos moradores da cidade, alertando que o povo que sofre com a injustiça grita na cidade desde a época da escravidão. “Foi um dos passeios mais legais que eu já participei. Para quem mora no Rio de Janeiro e passa por lugares históricos de resistência e luta, foi como se os nossos olhos se abrissem para enxergar que tem história, sangue e suor dos nossos irmãos pretos em cada canto da cidade. Como igreja, foi essencial para refletirmos sobre as injustiças cometidas ontem e pensar no que pode ser feito hoje para transformar esse quadro”, afirmou Isabelle Vasconcelos, SD do Distrito de Campo Grande.

O encerramento do Congresso foi marcado ainda pelo discurso com tons de despedida do atual Presidente da Federação Metodista de Jovens Luís Moura que falou da importância dos jovens se enviarem uns aos outros para atender aos anseios da humanidade. “Já beirando o encerramento desse ciclo sabemos que muitos e muitas estão sendo representados aqui, ganhamos novos amigos e amigas, somos muito mais fortes e vemos pessoas antes distantes, agora como parte desse movimento. A FEMEJO esteve presente através de sua mesa executiva e secretários distritais em diversos lugares do nosso Estado, no extremo interior, em zonas nobres, nas comunidades, no subúrbio, na baixada e vai continuar esse movimento levando paz e justiça por onde for. É a cada uma dessas pessoas que fazem da Federação Metodista de Jovens esse espaço de reflexão, compartilhamento e comunhão que dedicamos nosso trabalho e esperamos que esse movimento prossiga alcançando cada vez mais espaço, seja através das redes sociais, das rádios, da televisão, ou do eco das suas vozes – somos um, somos a Federação Metodista de Jovens”, finaliza emocionado.

A Federação de Jovens já está se preparando para 2018. O Edital de Seleção para a 21ª edição do Projeto Momento de Deus para Missão, que é o maior projeto de ação sócio missionária da juventude metodista no Brasil, vai ser lançado na Vigília Regional de Jovens. Será a última programação do biênio, no dia 1 de dezembro, no Auditório Tucker, no Flamengo. Se sua igreja e comunidade quiserem receber a Federação e o PMDM, fique ligado, organize sua CLAM e envie sua proposta. Para fechar, você tem mais um motivo para estar presente na Vigília, será a posse da nova mesa que foi eleita durante o congresso. Confira quem serão os seus representantes em 2018-2019:

Presidente – Daniela Gomes – Distrito do Catete
Vice-Presidente – Pierre França – Distrito de Realengo
Secretário de Atas – Isabelle Vasconcelos – Distrito de Campo Grande
Assessor de Comunicação – Bruno Felipe – Distrito de Nilópolis
Assessor Financeiro – Romulo Teal -Distrito de Volta Redonda

Por Priscila Dantas, secretária da FEMEJO 1º região 2016-2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *